1. Home
  2. Fórum
  3. Geral
  4. Curiosidade



Curiosidade

01/12/2017 00:58:40
Lembro que assim que me formei na faculdade, postei lá no fórum e alguém falou uma frase que nunca me esqueci. Aproveita pois a partir de agora a sua vida irá passar mais rápido. Acertou em cheio.

Hoje tenho 27 anos eu tenho curiosidade de ouvir de pessoas com diferentes idades, como está a vida com 30/40/50/60 anos. O que muda, como funciona a cabeça em relação ao dinheiro, como ficam as ambições, a saúde...

Boa noite galera.

#diversos
Expandir   Gostei
 6
   Não gostei
 0
Struggle
01/12/2017
07:29:15
Assinante Oceans14
Eu tenho a impressão que à medida em que envelhecemos, tudo passa mais rápido.
E cada vez mais rápido.
Talvez seja pela infinidade de tarefas que assumimos ao longo do caminho.
Gostei
 4
   Não gostei
 0
Ali Baba
01/12/2017
08:04:43
Assinante Oceans14
Passa mais rápido. A questão é matemática. Qdo vc tem 10 anos, um ano é igual 1/10 da sua vida, muito tempo. Aos 40, 1 ano é igual 1/40, muito pouco.
Gostei
 4
   Não gostei
 0
Ali Baba
01/12/2017
08:06:57
Assinante Oceans14
Quanto às ambições, vc descobre paulatinamente o que é importante para vc. E aquela conversa fiada de equilíbrio entre família, saúde e dinheiro, e a coisa mais difícil de por em prática.
Gostei
 4
   Não gostei
 0
Struggle
01/12/2017
08:28:15
Assinante Oceans14
Sim, o equilíbrio entre trabalho/família ou dinheiro/saúde é uma arte.
A não ser que você seja um confortável herdeiro ou um cônjuge afortunado (vulgo golpe do Baú), não tem como conseguir um bom padrão de vida sem muito trabalho e tempo.
E isso pode trazer um bom impacto na sua saúde e no relacionamento com seus familiares.
Gostei
 2
   Não gostei
 0
Dangmoura
01/12/2017
08:30:13
Cheguei a conclusão de que nosso cérebro tem um poder enorme em apagar a rotina da memória e a medida que o tempo passa, as coisas deixam de ser novas. Primeiro beijo, primeira transa, primeiro toco, primeiro emprego. As coisas caem na rotina e tudo que é rotina nosso cérebro deleta e assim prestamos menos atenção no momento atual e o tempo passa mais rápido.
Gostei
 1
   Não gostei
 0
naoeoxi
01/12/2017
08:45:08
Assinante Oceans14
Além disso , que mais me intriga nessa época de estudante é que a gente se divertia muito mais com quase nada de dinheiro no bolso. Coo a gente complica a vida com coisas que dão mais dor de cabeça do que alegrias
Gostei
 6
   Não gostei
 0
Dangmoura
01/12/2017
08:45:21
Belas palavras @Struggle

Pura verdade @naoeoxi
Gostei
 1
   Não gostei
 0
naoeoxi
01/12/2017
08:53:00
Assinante Oceans14
Ter patrimônio e investimentos é bom, mas quanto a padrão de vida, eu estou convencido que menos é mais.
Vão te julgar ter pensamento pequeno, mas ter casa grande com empregada, casa de campo e de praia, carros caros , isso tudo pode agradar muita gente, mas pra mim cada vez mais é um estorvo e desperdício de energia , tempo e dinheiro.
Gostei
 5
   Não gostei
 0
Odonto
01/12/2017
09:14:39
No meu caso a vida começou a passar mais rápido depois dos 25 anos

O que muda, como funciona a cabeça em relação ao dinheiro:

Muda pra melhor,vc tem mais conhecimento,mais segurança,ganha mais,já viu muitos crashes,bolhas,euforia...na verdade em economia e finanças tudo se repete

Como ficam as ambições:

Eu priorizo acima de tudo hj ter paz,paz é um luxo

a saúde...:

Vai piorando,depois dos 40 anos sua saúde começa a ir embora,surgem restrições

Para terminar,quanto mais tempo de vida vc tem,mais sabedoria vc angaria,e quanto mais sabedoria,mais desilusão

O preço da sabedoria é a desilusão,vc não acredita mais em utopias e nem em fórmulas mágicas,milagres ou algo do tipo

Gostei
 4
   Não gostei
 0
Struggle
01/12/2017
09:22:40
Assinante Oceans14
@naeoxi tem razão.
Essa frugalidade é meio chave para preservar a saúde.
O cabra começa a ganhar dinheiro e começa a acumular quinquilharias que, além de corroerem furtivamente o patrimônio, geram estresse e deterioram a saúde.
Gostei
 4
   Não gostei
 0
Ali Baba
01/12/2017
09:48:32
Assinante Oceans14
Estou com 47, quase 48. Lutando como se cada batalha fosse a mais importante da minha vida, mas a saude ja nao e a mesma, embora a experiencia seja maior e ainda consiga puxar jornadas de trabalho de 14-18horas/dia por umas duas semanas direto. Concordo com a frugalidade do Naoeoxi, e por ai mesmo. Mas mesmo com frugalidade, eu quero ter uma velhice independente e quero viajar bastante. Tenho de aproveitar mais uns 5 ou 6 anos que consigo manter esse ritmo, especialmente agora que estou no meio de uma briga societaria, que pode afetar muito meu patrimonio. Imoveis so quero se for para alugar ou alguma especulacao rapida. O unico brinquedo caro que tenho e minha Ducati, que e o meu bebe. Depois desses 5 ou 6 anos vou ter que parar, a saude esta comprometida. Ja tive duas cirurgias grandes. Nao tenho problemas de coracao, colesterol, etc, apesar de obeso. Mas tive uma hernia que operei de emergencia (de tanto subir e descer escada de navio), e tenho uma protese na cabeca do femur devido a um problema hereditario e o peso. Mas tenho uma missao e vou persegui-la. Se, no prazo que citei acima, atingi-la, otimo. Se nao, tudo bem. Allah sabe mais.
Gostei
 9
   Não gostei
 0
naoeoxi
01/12/2017
12:29:30
Assinante Oceans14
Não é nem falta de luxo, mas combate ao desperdício como princípio básico.. Ter coisas que se não se usa e geram despesas. Fazer uma boa viagem , comer em bons restaurantes. Isso você desfruta na vida. Mas ter coisas e bens que gera m 340 dias de despesa e 25 dias de uso é até burrice mesmo. Arapucas que as vezes entramos
Gostei
 3
   Não gostei
 0
rfalci
01/12/2017
13:58:34
Assinante Oceans14
@Dangmoura algumas coisas:

1 - Existe explicação científica para o fato de acharmos que a vida passa mais rápido quanto mais velhos ficamos: o cérebro de criança capta muito mais informações, como se fosse uma filmagem em mais frames por segundo. Por isso temos essa sensação.

2 - Quanto ao dinheiro, quem geralmente começa do nada, tem uma ansiedade em ganhar dinheiro no começo da carreira. Depois percebe que dinheiro não deve ser o fim mas o meio e as coisas vão se ordenando. Chego a dizer que excesso de dinheiro atrapalha e dificulta a educação dos filhos.

3 - Não sei quanto a suas convicções espirituais, mas em algum momento da vida todos procuram um motivo para justificar sua existência ou seja, um sentido pra vida. Como em tudo (e a vida não é a única exceção), seu sentido não pode estar dentro dela mesma.
Gostei
 4
   Não gostei
 0
Odonto
01/12/2017
21:35:17
A postagem mais foda aqui foi a o do naeoxi

Por que volta e meia me pego pensando nisso

Eu me lembro quem em 1988 viajei com 13 dólares no bolso(nessa época de hiperinflação eu dolarizava tudo,acho que já tinha cabeça meio de economista)

Eu tinha 18 anos

Me lembro que fui em restaurante,fizemos churrasco,peguei até uma menina lá,kkk

13 dólares hj é um almoço e olhe lá

A juventude não tem preço,acho que o mais valioso nela é a ingenuidade e a esperança que a gente perde

E não tem mais volta
Gostei
 3
   Não gostei
 0
Dangmoura
03/12/2017
01:33:22
Hoje fui na praia com minha namorada, de clio e lá encontramos o Daniel (que conheci no outro fórum) e namorada dele e ficamos lá rindo, comendo pastel, bolinho de bacalhau e bebendo caipirinha. A conta deu 32 pra cada um. Não importa se um dia serei rico, esses momentos pra mim não tem preço.
Gostei
 0
   Não gostei
 0