1. Home
  2. Fórum
  3. Geral
  4. COMPRA TD,COMPRA



COMPRA TD,COMPRA

30/11/2017 10:19:51
» O salto da dívida

O gráfico dá ideia de como avança a dívida bruta do governo central. A velocidade é muito alta. Começou o ano nos 69,87% do PIB e, em outubro, já estava a 74,38%. Isso significa que, no próximo ano deverá chegar aos 80% do PIB, mesmo levando em conta que o PIB deve crescer mais do que neste 2017. Dívida é déficit acumulado e déficit é o tanto que as despesas ultrapassam as receitas. Nos anos 80, o País estava afogado em dívida externa. Hoje, é a dívida interna que mais pesa sobre o brasileiro.

Celso Ming, O Estado de S.Paulo

29 Novembro 2017 | 21h00






#rendaFixa
Expandir   Gostei
 2
   Não gostei
 0
Odonto
30/11/2017
10:20:55
A imagem do gráfico não é https,não deu pra postar
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Dangmoura
30/11/2017
10:24:33
Manda para seu facebook como uma mensagem pra vc mesmo, depois pega o endereço do link e posta aqui. Abraço.
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Odonto
30/11/2017
10:47:51
Complicado isso hein,kkkk

Imagina o gráfico mentalmente

Mas se quiser ver o gráfico,entra no Instituto Fiscal Independente do Senado,e clica em relatório de acompanhamento fiscal

Lá tem vários gráficos
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Odonto
30/11/2017
10:49:07
Eu duvido que esse IFI permaneça de pé num governo populista

Vai ser removido

Lá é a verdade macroeconômica nua e crua
Gostei
 1
   Não gostei
 0
atlético
30/11/2017
10:55:58
Assinante Oceans14
soluções? Fundo cambial? dólar? voltar para o BTC? IBVV?
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Struggle
30/11/2017
11:02:59
Assinante Oceans14
Tem um livro, o Fora da Curva.
Um dos autores foi Diretor do BC na época do final do governo FHC.
Narra com muita clareza o estresse monetário daquele período.
E o castelo de cartas que estes títulos podem formar.
Ali você tem uma ideia do tamanho do enrosco.
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Struggle
30/11/2017
11:20:51
Assinante Oceans14
Luiz Fernando Figueiredo, ex-diretor do BC
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Odonto
30/11/2017
11:24:39
A solução é,em sentido bem amplo, alocar em ativos reais

Dívida não é ativo real,ainda mais vc sendo credor de um país que caminha para a insolvencia de forma acelerada e sem sinal a vista de reversão

A questão fica então no que são ativos reais

Para os muito conservadores,ouro e imóveis

Para os moderados,ouro,imóveis,ações e FIIs

Para os mais arrojados,inclui até moedas fortes nas listas acima(dólar,franco suíço)

Gostei
 2
   Não gostei
 0
Struggle
30/11/2017
11:32:12
Assinante Oceans14
Moeda como investimento é meio temerário.
Serve mais como reserva.
E, sim, pode parecer estranho, mas possuir ações de empresas pode ser mais conservador que títulos do tesouro, dependendo do cenário macroeconômico.
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Malandro
30/11/2017
11:38:15
Assinante Oceans14
Sou conservador..

Ativo Real: Imóveis
Ativo Financeiro: RF, RV, FII
Gostei
 1
   Não gostei
 0
atlético
30/11/2017
11:41:54
Assinante Oceans14
quais FIIs acompanham o IPCA?


esse negócio de imóvel ainda mais residencial é meio coisa do demo não? até quem comprou lá em 2008 no fundão hoje em dia está perdendo do CDI. Se ficar parado sem usar/alugar então ferrou.
Gostei
 1
   Não gostei
 0
naoeoxi
30/11/2017
11:47:54
Assinante Oceans14
O Md5 tem atualizado esse gráfico. não é surpresa pra ninguém.
solução é bitcoin hehehehe
Gostei
 1
   Não gostei
 0
md5
30/11/2017
11:58:21
Assinante Oceans14
tem esse gráfico aqui no site

Oceans14 - Indicadores econômicos
Gostei
 3
   Não gostei
 0
Odonto
30/11/2017
12:02:39
Atlético

Quem investe em ativos reais quer proteção,é uma coisa defensiva

Não percebe que estamos caminhando para um cenário de superinflação e posteriormente de hiperinflação?

Pra mim é bem claro,vamos entrar(ou melhor dizendo,reentrar) num ciclo inflacionário de décadas

O Plano Real,eleição de FHC,o primeiro mandato do Lula,fica bem claro os quais foram um ponto fora da curva no contrapondo da História brasileira

Procura investigar,na internet tem vários textos,a nossa cultura é de indisciplina fiscal e gastança,remendos,improvisos,etc

Então vc fica pegando dados de 2008,nessa época nós tínhamos um pouco de racionalidade fiscal ainda
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Odonto
30/11/2017
12:07:20
Falo pra quem vai ficar aqui no Brasil

Quem vai meter o pé é outra história
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Odonto
30/11/2017
12:12:38
Se lerem a História economica do Brasil,entramos num ciclo inflacionário que se iniciou com JK na década de cinquenta,e só terminou com o Plano Real na década de noventa

Foram quatro décadas de inflação,com o período final(meados da década de 80 e primeira metade dos 90) na hiperinflação
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Malandro
30/11/2017
12:56:41
Assinante Oceans14
Serve pra preservação de patrimônio, ou seja, pegar a pica menor, no graf da enfoque, o bear de 1971 a 1982, foi puramente inflacionário, nominalmente ficou de lado, um pouco baixa.
Gostei
 1
   Não gostei
 0
atlético
30/11/2017
13:21:42
Assinante Oceans14
Inflação aqui era tranks. Tinha correção monetária.
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Odonto
30/11/2017
13:43:57
kkk,tinha também o gatilho salarial

Disparava o gatilho em 20%,inflação dava mais 40% logo em seguida
Gostei
 1
   Não gostei
 0