1. Home
  2. Fórum
  3. Geral
  4. Já meio que falei isso algumas vezes



Já meio que falei isso algumas vezes

10/02/2018 23:36:39
Mas o que fode com investidor fundamentalista ortodoxo é a inflexão do balanço das empresas..cíclicas ou não..

Eu costumo ler posts do passado ..a última q peguei foi BRFS3 (por causa do report que postei no espaço dela), pego comentários de um lado e gráfico do outro, o topo da ação foi no 3Q/15 nos R$70.

De 2014 a 1Q/2016 era Abilhão de um lado, nova AMBEV dos alimentos de outro..

2Q/2016, ou seja lá por abril, começa os problemas com hedge de cambio, preço nos R$50 já..

De lá pra cá foram mil desculpas..a mais famosa foi do perfect storm..Ai Abilio é o demônio, destruidor de familias, #nunca falei bem..

Reparam o tempo do topo do preço (~R$70) até o balanço malemá(~R$50)! abr/2016-set/2015 = 7 meses..é o tempo médio que fode o investidor 100% pure balance sheet

Dai o investidor inseguro dá o beneficio da dúvida para empresa de esperar fechar o anual..dai já tá nos 40..pisca o olho..pensando que pode estar vendendo no fundo, espera e já tá nos R$30.

Sorry, eu sei que é amplamente falado que preço segue fundamento, mas na minha concepção, essa frase que gera tudo isso acima... Preço antecipa fundamento e no minimo meio ano na frente...e não tem nada de mal olhá-lo.

#acoes
Expandir   Gostei
 7
   Não gostei
 0
rfalci
11/02/2018
08:15:38
Assinante Oceans14
Concordo. Todos sabemos que essa história de ignorar voluntariamente tudo que for contra a seita do holder xiita já fez muito nego pendurar sua hemorróidas.

Minha opinião é que essa atitude pressupõe um grau de soberba onde o indivíduo está acima do mercado (que é a expressão final de todos os investidores)

Enfim, acho q pra investidor amador é péssimo rodar patrimônio porém, ser apenas for um tarado por balanços existirá sempre o risco de ser o corno da história.

E num mercado volátil como o nosso com um alto turn over de empresas ... sabe o que pode acontecer. Aí, se for p agir assim, melhor não ver resultado.
Gostei
 5
   Não gostei
 0
Will
11/02/2018
08:25:14
Boa!
Infelizmente essa é uma das coisas mais difíceis pro pequeno investidor: saber a hora de sair.
Como eu não tenho essa capacidade, além de um forte acompanhamento, estudo cada vez mais novas boas empresas pra aumentar a diversificação e diluir o risco.


Gostei
 3
   Não gostei
 0
rfalci
11/02/2018
08:31:53
Assinante Oceans14
Pense muito bem na hora de entrar pq existe alta probabilidade de levar ferro se tiver que sair
Gostei
 3
   Não gostei
 0
thi
11/02/2018
10:24:46
Assinante Oceans14
É por isso que me rendo cada vez mais as ETFs. Amador escolher ação se não se fode na entrada, se fode na saída.
Coincidentemente ontem estive analisando fundos de ações de 2 privates banks diferentes. Nenhum fundo bateu o bova11 em 2017.
Gostei
 3
   Não gostei
 0
md5
11/02/2018
10:27:10
Assinante Oceans14
suponhamos que o cara tenha entrado lá em 2010... preço de 20,00... depois desse revés todo ainda consegue vender hoje com retorno de mais de 60%... nada mal...

acertar fundo e topo sempre eh impossível... nem LS consegue
Gostei
 4
   Não gostei
 0
Will
11/02/2018
11:05:38
Vdd md5.
Ademais,BRF não seria "to big to fail" ?
Compra mais da metade do frango produzido no Brasil, 30% do milho....
Gostei
 1
   Não gostei
 0
md5
11/02/2018
11:24:22
Assinante Oceans14
pois eh.. na pior das hipóteses a JBS ou alguma internacional compra a brf... aí vira usf :P
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Malandro
11/02/2018
11:38:07
Assinante Oceans14
Tomou risco, acertou a porrada na empresa e saiu retornando inflação do período. :)
Gostei
 0
   Não gostei
 0
thi
11/02/2018
12:25:59
Assinante Oceans14
A questão não é essa. A questão é que o investidor amador não consegue sair a tempo antes que os fundamentos deteriorem e afete os preços. Uma empresa de alimentos, com share mundial, tendo Abilio Diniz sócio e chancelando, sendo vendida como a AMBEV dos alimentos, como um amador iria sair antes que os preços refletissem os fundamentos? É justamente por isso que defendo que amador não pode sair das ETFs. Não só amador, muito profissional também.
Gostei
 3
   Não gostei
 0
thi
11/02/2018
12:26:25
Assinante Oceans14
Análise de empresas dentro do ciclo do negócio é muito difícil. O negócio é imaginar se será uma empresa perene ao longo das décadas. Voltando à BRF, como não imaginar essa empresa como sendo uma empresa duradoura?
Gostei
 1
   Não gostei
 0
thi
11/02/2018
12:26:44
Assinante Oceans14
Uma vez perguntaram a Buffett como seria a vida do homem no futuro. Ele respondeu que será tomando refrigerantes, fazendo barba e usando e pagando, por isso tinha ações da coca cola, procter gamble e AMEX.
Gostei
 1
   Não gostei
 0
thi
11/02/2018
12:26:59
Assinante Oceans14
Uma empresa global de alimento deve fazer parte da carteira de todo investidor de longo prazo.
Gostei
 1
   Não gostei
 0
thi
11/02/2018
12:27:22
Assinante Oceans14
A questão é será que a BRF pode ser uma dessas empresas?

Só o tempo dirá.
Gostei
 0
   Não gostei
 0
md5
11/02/2018
13:30:18
Assinante Oceans14
mesmo q não seja global... só local já tá de bom tamanho... afinal são mais de 200 milhões de consumidores
Gostei
 0
   Não gostei
 0
Odonto
11/02/2018
13:39:27
Adquiri birra com empresas de commodities

Perdi dinheiro em BRF também,saí de Petro e Vale também

Fizeram cagada com hedge em milho,mas quem faz hedge de milho?

Empesa de commodities

Acho MDIA3 uma bela empresa,tenho pouca coisa nela,mas por causa dessa birra que tomei com empresas que dependem de commodities,não sei se vou aportar mais
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Toluka
11/02/2018
16:34:31
Sei não, essa coisa de ETF. No tempo que eu participava da gestão de um Clube de ações era sempre a mesma coisa: o que vamos comprar com os aportes mensais do pessoal? Quando não tinha preço bom no papel da carteira, o dinheiro acabava sempre no PIBB.
Daí eu saí do clube e estou tentando montar um portfólio de ações, com aportes mensais. Se já tomei ferro? Sim, ETER3 (última dica de amigo) que mantenho um restinho só para compensar eventuais lucros na venda de outras ações.
Mas continua a dúvida: para um amador como eu, tem uma trolha no fim do túnel esperando para acontecer?
Gostei
 2
   Não gostei
 0
md5
11/02/2018
18:12:13
Assinante Oceans14
Monta uma carteira com uns 10 papéis e relaxa
Gostei
 3
   Não gostei
 0
raffi
12/02/2018
07:23:53
É algo que percebi há muito tempo. Com poucas exceções os balanços das empresas brasileiras são muito irregulares. Alterna-se bons e maus períodos com muita frequência.

Existe também uma alternância entre as empresas consideradas de qualidade. Há 10 anos, era um grupo, hoje é um grupo bem diferente.

Esse negócio de achar que as pessoas continuarão tomando refrigerante e fazendo a barba precisa tomar cuidado, pois nem todas as empresas desses setores se sairão bem.

Por isso acho importante investir nos Estados Unidos. Você tem empresas com histórico de mais de 100 anos, já tendo passado por guerras e todas as crises e continuam aí. Outra é que elas estão em centenas de países. Mesmo que o maior mercado seja os EUA, elas compensam isso recebendo receita do mundo inteiro.
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Will
12/02/2018
07:47:33
Meu número é 20 empresas(70% da carteira), e mais 20 FIIs(outros 30% da carteira).

Acho 10 ações muito concentrado pra um amador como eu, hehehhhh
Gostei
 2
   Não gostei
 0
Will
12/02/2018
07:49:21
Sobre a BRF, embora eu tenha vendido, ainda acredito que o modelo de negócios dela venha a dar certo.
Pouquinho de capital ali acho que não me mataria, nos preços atuais...
Gostei
 2
   Não gostei
 0
Toluka
12/02/2018
09:21:57
Eu fixei em 12 papéis (teoricamente um aporte mensal por empresa, por ano). Até agora já foram selecionadas nove. Aproveitei a discussão e coloquei BRF na lista para avaliar a sua inclusão. Obrigado!
Gostei
 2
   Não gostei
 0
fmarques11
12/02/2018
16:48:40
Mas se o investidor que citou fosse conservador e defensivo, teria vendido a ação entre 2015 e 2016, quando a empresa tomou diversos empréstimos e elevou a Dívida bruta/PL. Não digo que seja errado a empresa fazer isso, mas o investidor mais conservador geralmente foge desse tipo ação ao investir seu capital, na minha opinião.
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Will
12/02/2018
18:11:29
@fmarques11 , o problema é que essas aquisições faziam sentido: o Brasil estava sub uma tempestade perfeita, a solução seria diversificar, diluindo o risco em outras regiões do mundo... "Deixar de ser apenas uma exportadora para ser uma empresa Global" Diniz, Abílio hahahhhhh
Gostei
 1
   Não gostei
 0
Dangmoura
13/02/2018
19:13:39
Pessoal com a minha humilde opinião, acredito que o erro não estava na empresa em si, mas em quem escolheu para investir na empresa.

Ela procurando melhorar ou não, sempre seria uma empresa de proteínas, sempre operaria com margens curtas, melhorando ou não. Acredito que daí veio meu erro em como investir ter investido na empresa.

Confesso aos senhores que foi um dos meus maiores aprendizados na bolsa.

Acho que enquanto existirem mercados em expansão como o de aluguéis de carro, energia, saúde, construção etc, não tem pq ter uma empresa como a BRF, mas foi o que já falaram, lá atrás ela era vendida como a empresa do futuro, falar depois que acontecer a merda é muito fácil.
Gostei
 0
   Não gostei
 0