1. Home
  2. Artigos
  3. Lifestyle
  4. Dossie Müchen – Preparando a Oktoberfest 2018

Escrito por mantovam    08/10/2017 11:09:05

Dossie Müchen – Preparando a Oktoberfest 2018


A festa mais popular da Alemanha, como não poderia ser diferente, é um show de organização com atrações para pessoas de todas as idades e, acredite ou não, uma festa folclórica e familiar.


Vamos começar com as origens:  
A Oktoberfest tem início em 1810 como uma festa em homenagem ao casamento de príncipes do Reino da Baviera - ou Königreich Bayern em idioma local.  Nestes 207 anos de história, já passou por guerras napoleônicas e entre povos germânicos - a Alemanha virou um pais unificado em 1871 sendo antes era um amontoado de reinos -  primeira e segunda guerras mundiais, divisão da Alemanha em 2 países e pôr fim a reunificação em uma poderosa nação industrial conhecida mundialmente pelos veículos automotores e suas estradas sem limite de velocidade.

A festa pode ter entre 16 e 19 dias, dependendo do ano, pois sempre termina no feriado do dia da unificação alemã – regra que em 2018 será quebrada pois 3 de outubro daria menos de 16 dias, então será entre sábado - 22/09/2018 e Domingo - 07/10/2018.

Durante este período, cerca de 6 milhões de pessoas (Munique tem 1,5 milhões de habitantes) consumirão cerca de 8 milhões de litros de cerveja, 600.000 frangos assados, sem contar uma infinidade de pretzels, joelhos de porco, salsichões WeissWurst e outros pratos típicos de uma culinária rustica, feita para o homem do campo aguentar as jornadas de trabalho no campo – na Baviera antiga.

Historicamente a região tem um forte apelo agrário. Basta dizer que a nordeste dos alpes suíços se estende uma grande planície verde com terras aráveis e muito produtivas, sendo o lugar ideal para plantação de trigo, malte e outros cereais ricos em carboidratos e necessários para a produção de alimento de pessoas, de animais em período de inverno e também em....  cerveja! - apesar de empresas como AMBEV jurarem que milho e arroz fazem uma boa cerveja.


A Organização da Festa:
A Oktoberfest é realizada em um grande espaço próximo ao centro de Munique chamado Theresienwiese, com 420.000 m2 (aproximadamente o mesmo tamanho total do Parque do Anhembi em São Paulo). 

A entrada é gratuita e a festa é feita totalmente com capital privado, em um consorcio de seis cervejarias de Munique que bancam toda a estrutura da festa.

Com ampla oferta de transporte público – duas linhas de metrô e outras de ônibus -  um dia movimentado no fim de semana pode terde 250.000 a 300.000 pessoas visitando o evento das 10:00 as 22:30 quando o último litro de cerveja é servido. 

Literalmente, cada parada do metro nas estações despeja centenas de pessoas nas estações próximas a Theresienwiese.

A organização da entrada também é bastante interessante. 

Em cada portão de acesso existem seguranças revistando bolsas e é proibido entrar com malas ou mochilas, sendo indicado uma chapelaria fora do parque para os mochileiros de plantão. Não existe revista pessoal, mas a polícia e os seguranças particulares fazem rondas constantes para evitar os excessos. A festa é um ponto de encontro de famílias e amigos. 

Nas laterais do Theresienwiese é um grandioso parque de diversões, com Rodas Gigantes (inclusive uma de 1926),  Montanha Russa,  Casa do Terror (várias delas),  tiro ao alvo com rolha de pressão e outros brinquedos que você certamente encontraria em uma festa folclórica de 1930 –alguns os próprios originais.

Todos os brinquedos são inspecionados e certificados pela poderosa TÜV – a empresa que faz a certificação de produtos no mundo inteiro – similar ao nosso INMETRO. 

Acidentes são raros e faz alguns anos que ninguém se machuca ao frequentar o parque de diversões da Oktoberfest. Portanto, muitas famílias vão simplesmente para passar o dia no parque e comer nas barraquinhas ao redor das tendas ou biergaten. Entre 30% a 40% do público vai vestido com roupas típicas da Oktoberfest, o que torna a festa bem colorida e divertida – como já disse, é bastante folclórica a festa.




Vamos a cerveja –Escolha sua tenda:
Cada uma das 6 cervejarias do consórcio - Augustiner, Spaten-Franziskaner,Löwenbräu, Hacker-Pschorr, Hofbräu e Paulaner (caçula da turma, fundada em1634) -  tem 2 enormes tendas, que euchamaria de barracão,  totalmente decorado com os motivos da cervejaria – que são adornos de tradições da Bavária.

Esta confraria de cervejeiros tem suas próprias regras: Somente cervejas feitas em fábricas de Munique podem ser comercializadas nos dias de festa.  Portanto você não vai encontrar cervejas variadas ou artesanais.  É tudo OktoberfestBier,com diferença entre os próprios fabricantes. 

Também não adianta querer beber só um pouquinho.  As cervejas são servidas em canecas de 1 litro, a um custo aproximado de 11 Euros cada.  Cada Tenda tem sua própria banda de música folclórica alemã, que fica tocando durante o período defesta.  Algumas tendas têm 2 bandas que se revezam não deixando a música parar. Você só conseguirá tomar uma cerveja se estiver sentado em uma mesa.

Não servem pessoas de pé ou que estiverem visivelmente embriagadas além da conta. As mesas seguem o esquema de BierGaten alemão, ou seja, você sentará com um Alemão de um lado, um Italiano de outro, 2 Tchecos de outro e um espanhol no canto. 

Cada mesa  é projetada para cerca de 8 pessoas mas, nos momentos de pico, até 12 amigos podem se espremer numa mesma mesa. O que vale é a festa!


Simultaneamente, até 100.000  - isto mesmo Cem Mil - pessoas podem ser servidas sentadas somadas as 12 tendas juntas.  

O esquema é muito profissional e dificilmente você vai demorar mais de 5 minutos entre pedir uma cerveja e ela chegar em sua mesa.  As garçonetes são extremamente eficientes e chegam a carregar 8 canecas de cerveja simultaneamente para servir os clientes.  As canecas vazias entram em uma espécie de esteira de produção, onde são lavadas, higienizadas, secas e já saem para serem preenchidas novamente. 

Ao servir o cliente, o pagamento é feito na hora, em dinheiro, diretamente para a Garçonete.  

Isto agiliza muito a venda do produto, mas é um nível de confiança muito grande nas pessoas. É virtualmente impossível saber quantas canecas de cerveja cada uma pegou, quantas pagaram, quanto gorjeta foi dado ou se existe algum tipo de furto. 

Simplesmente confiança nas pessoas.



Ao se preparar para a Oktoberfest, calcule um gasto aproximado de 50 Euros por pessoa / dia, sendo este gasto dividido em:

  • 22 Euros =2 litros de OktoberfestBier
  • 15 Euros =Meio Frango ou Joelho de porco
  • 5 Euros = Pretzel típico vendido dentro das tendas
  • 6 Euros = Passagem de Metro ida e volta
Obviamente os gastos podem variar, principalmente se você gostar de parque de diversões.  

Cada Volta nos brinquedos ou mini-shows da festa custa entre 1 euro e 8 euros,  e também existe toda sorte de bugigangas que você pode querer comprar – Canecas, Camisas, Chaveiros, etc.  

Outra coisa complicada é a hospedagem. 

Em uma festa para 6 milhões de pessoas em uma cidade de 1,5 Milhão de habitantes causa aumento nos valores dos hotéis. Aqui a regra de ouro é reservar com antecedência hotéis próximos ao metro.  Reservas de última hora podem custar caro e eventualmente não ter disponibilidade para os dias de evento. 

Com alguma escassez de quartos, consegui reservar em cima da hora o Hotel H2 Messe (na região de feiras e eventos de Munique) por 220 euros a diária.  

Foi perfeito porque, além de ser um bom hotel bastante moderno, limpo e com excelente café da manhã, pude deixar o carro estacionado de graça na rua. Além disto, era a 500 metros do metro facilitando bastante a locomoção.

Deixo aqui minha saudação de brinde tipicamente alemão para os leitores: Ein Prosit!

Gostou do texto? Cadastre-se no site e começe a seguir o usuário mantovam. Sempre que ele postar um novo artigo, você será notificado.

Para ler outros textos do usuário mantovam, clique aqui.