1. Home
  2. Artigos
  3. Politica
  4. Voce conhece a história do sapo na panela?

Escrito por gbmessi    14/02/2017 15:06:14

Voce conhece a história do sapo na panela?


Vários estudos biológicos demonstram que um sapo colocado num recipiente com a mesma água de sua lagoa fica estático durante todo o tempo em que aquecemos a água, mesmo que ela ferva. O sapo não reage ao gradual aumento de temperatura (mudanças de ambiente) e morre quando a água ferve.
Inchado e feliz.
Por outro lado, outro sapo que seja jogado nesse recipiente com a água já fervendo, salta imediatamente para fora. Meio chamuscado, porém vivo!
Às vezes, somos sapos fervidos. Não percebemos as mudanças.

Em 1988 , tivemos  a tão falada "Constituição Cidadã", nada mais que um catado de intenções socialistas, escrita em 1984 por uma esquerda deslumbrada com o regime soviético ainda vigente ( lembrar que o muro de Berlim ruiu somente 1989) do qual extraiu grande parte de seus pontos como a questão trabalhista e o megalomaníaco sistema universal e gratuíto de saúde( o SUS). Neste periodo de quase 30 anos  passou a ser governando então  por grupos que seguem a agenda do socialismo, o Brasil vem lentamente rumando em direção à planificação total da economia.  Exatamente como um sapo na panela. Notem que apesar da troca fajuta de bandeiras dos grupelhos, o Leviatã vem avançando paulatinamente sobre as liberdades individuais.

A estabilidade monetária ( questionável pois foi feita parcialmente sem reforma tributária, trabalhista e um arcabouço legal estável de modo a garantir a estabilidade nos contratos) serviu apenas como água na temperatura da lagoa.

Enquanto os deslumbrados se serviam de " metas de inflação" ( como se alguma coisa além de ZERO fosse aceitável) a relação de consumo virou questão de delegacia, se inaugurou a era dos estatutos ( que ferem a igualdade perante a lei- através do privilégio do " menor", do idoso, do portador de necessidades especiais), o Estatuto do Desarmamento avançou, o estado passou a regular as empresas privadas , surgiram as Agências Reguladoras ( como se um burocrata fosse capaz de estar acima do livre mercado), as Cotas, a educação foi centralizada, ideologias destruidoras como a de Gênero seguem a todo vapor, o Sistema escravocrata  de saúde avançou, a caridade privada foi desestimulada, coletivos não eleitos foram incentivados ( sovietes) e o indivíduo foi privado do Direito de Autodefesa através do esforço bipartidário que culminou no Estatuto do Desarmamento. Tudo exatamente de acordo com a prescrição da corja composta por Gramsci e pelos filósofos da Escola de Frankfurt.
Ah.... mas e a inflação que um ajudou a diminuir e o outro parece não estar preocupado??? Respondemos: quem se lembra agora da água fria da lagoa?

Querem saber onde o socialismo moderno se esconde, basta pedir a reposta para seguinte questão:
A QUEM CABERÁ A PALAVRA FINAL SOBRE AS DECISÕES ECONÔMICAS??? (De quem será a palavra final?)
Se a reposta for um grupo eleito, ou um grupo de sábios, ou um grupo de burocratas iluminados ( e não o livre acordo entre as partes: SORRIA, você está diante de um Socialista asqueroso!!

Sou radicalmente contra o Coletivismo, CONTRA a sua pior forma chamada SOCIALISMO. Dane-se se ele vem na forma de passarinho ou de estrelinha. 
Se você acha que um sapo fervendo numa temperatura mais baixa é melhor que um sapo fervendo alguns minutos depois, o problema é seu. Desejamos um bom jantar aos parasitas.

Somos a favor de desligar o fogão do estatismo, que consome nossas liberdades. Queremos estar no livre mercado , com nossas vida e nossas liberdades preservadas. Queremos o conforto perigoso da Lagoa.



Gostou do texto? Cadastre-se no site e começe a seguir o usuário gbmessi. Sempre que ele postar um novo artigo, você será notificado.

Para ler outros textos do usuário gbmessi, clique aqui.



Comentários


Ainda não existem comentários para este artigo.