1. Home
  2. Artigos
  3. Ações
  4. Compra de Opções (Compra a Seco)

Escrito por Struggle    08/02/2017 22:14:48

Compra de Opções (Compra a Seco)


Primeiramente vamos discorrer acerca das operações com opções de compra (call), considerando a tradição de maior liquidez destas opções no mercado de derivativos do Brasil.

As operações com opções de venda (puts) ganharam uma musculatura mais avantajada somente há pouco tempo e, por isso, abordaremos estas opções posteriormente.

A compra isolada de uma call (compra a seco) consiste basicamente em uma operação distorcida.

Explico.

Dada a sua remota probabilidade de gerar ganhos astronômicos, quando compramos opções por alguns meros centavos e, em após um curto prazo de alguns pregões esta mesma opção já vale um real ou mais, esta compra a seco ecoa na mente dos operadores como uma sereia a cantar de uma maneira suave, rouca e sedutora.

Vários gurus (para não dizer picaretas) prometem lucros estratosféricos com estratégias de compra de opções a seco. Cuidado com essa isca para incautos.

O fato é que, quanto mais OTM (opções com preço de exercício maiores do que o preço de mercado), menor o Delta da opção. Ou seja, para cada real que a ação sobe, se a opção for muito OTM, com Delta menor que 0,1 por exemplo, a opção mal vai se mover. É preciso um GRANDE movimento no ativo para que esta opção se valorize.

Por outro lado, à medida em que o valor do ativo se aproximado valor do exercício (strike) da opção, o Delta vai aumentando, assim como o Gamma. E se o valor do ativo sobe suficientemente para encostar ou ultrapassar o valor do strike da opção, aí a onça bebe água, e o valor da opção explode, para a alegria dos comprados a seco. Este é o famoso bilhetão, carinhoso apelido dado à opção que mais parece um bilhete de loteria.

Mas o fato é que estes movimentos de grande valorização são meramente imprevisíveis. E o operador de compra a seco fica tentando compra após compra, vendo as sua calls derreterem à medida em que chega o vencimento, afinal, o tempo passa e o Theta não perdoa. No meio do caminho ele ou ela até pode acertar uma operação e recuperar a sua energia temporariamente. Mas isto passa a ser um círculo vicioso, muito parecido como um apostador à beira de uma mesa de roleta, apostando cegamente suas expectativas na próxima ficha,ou melhor, na próxima opção OTM.

Sim, é possível vencer em uma compra a seco. Mas é MUITO difícil vencer de maneira sustentada e consistente com esta operação.

É uma operação que perde com o ativo se desvalorizando,perde quando o ativo anda de lado no seu valor e perde quando o valor do ativo sobe pouco.

Só ganha se o valor do ativo subir muito.

Mas, sejamos honestos, há algumas vantagens. O prejuízo é limitado, ou seja, o máximo que pode acontecer é aquela opção que você comprou virar pó e você perder aquele valor investido. Veremos que existem operações em opções com risco ilimitado.

Começamos com esta operação para entendermos um pouco da dinâmica da call. Ao mesmo tempo que é uma operação interessante do ponto de vista didático, a compra a seco não seria a melhor operação para quem está iniciando, dada a sua grande probabilidade de prejuízo.

Vale aqui mencionar a compra de opções com valores bem abaixo do vencimento (ITM ou DITM, deep in the money). São opções com um delta maior, com a valorização de seus valores acompanhando muito aproximadamente os valores dos ativos. São opções interessantes para compra na operação de trade (compra e venda no curto prazo, na tentativa de acertar a tendência de valorização), uma vez que os seus custos operacionais são menores do que a compra e venda dos ativos. Cabe uma ressalva de que também há algum VE (valor de expectativa) embutido nas DITMs, o que pode encarecer um pouco a operação. Um outro detalhe é que quanto mais dentro do dinheiro, existe uma tendência de diminuição da liquidez destas opções.

Para a compra a seco de uma put OTM, o raciocínio é o mesmo da call, só que inverso, sendo necessário uma grande desvalorização do ativo subjacente para um lucro na operação.

Cuidado com as compras a seco de calls e puts, mas se você resolveu fazer alguma aposta (com dinheiro de pinga), boa sorte!



Gostou do texto? Cadastre-se no site e começe a seguir o usuário Struggle. Sempre que ele postar um novo artigo, você será notificado.

Para ler outros textos do usuário Struggle, clique aqui.



Comentários


Ainda não existem comentários para este artigo.