1. Home
  2. Artigos
  3. Politica
  4. As Aventuras de Trump na Cidade de Thor

Escrito por Ali Baba    22/01/2017 10:36:39

As Aventuras de Trump na Cidade de Thor


Com exceção do Sarney, políticos vêm e vão. A classe política é um incômodo eterno, como um câncer que não mata mas enfraquece, mas, os indivíduos podem ser reeleitos ou não. Alguns duram décadas no poder, ou parecem durar pra sempre, outros cumprem um primeiro mandato e caem no ostracismo. Em qualquer "democracia " (explicarei as aspas em outra postagem) é mais ou menos isso que acontece.

Se descascarmos essa cebola mais um nível,  veremos ainda, caríssimo leitor, que a maioria dos políticos só está ali fazendo número, poucos são mestres titereiros, a maioria são fantoches.
Então porque houve, há e haverá tanta comoção com a eleição americana? Simples! O Trump não é político! Pelo menos não no sentido tradicional. Ele é tão arrogante, tem um ego tão grande que ele pensa mesmo que está servindo o povo americano. E isso é um sério problema.

Se você veio parar aqui, amigo leitor, é porque não aguenta mais a grande mídia. Aquele monte de balela, meias explicações, explicações erradas, mentiras deslavadas e tudo isso recheado com uma maciça dose de  burrice. Aqueles especialistas são na melhor das hipóteses uns jumentos e na pior simplesmente mentirosos, cínicos ou até sociopatas.
É tudo um grande circo. Eles inventaram essa tal de democracia para parecer que nós temos algum controle sobre os destinos do país. É tudo de mentirinha, faz-de-conta. E assim os mestres titereiros escolhem previamente os candidatos e o povo vota em algum deles, como aqueles truques com baralho, que o mágico te pede para escolher uma carta e você pensa que vai passar a perna nele apenas para, na verdade, escolher justamente a carta que ele queria desde o início.
É exatamente assim que funciona. Não acredita em mim? Pensa com calma. Minha mulher diz que eu sou maluco, mas ter um olho na terra cego nem sempre te leva ao reinado, às vezes te chamam de maluco por você falar que o céu é azul.
Enfim...
É assim que funciona. Aqui, no México, na Nova Zelândia, em Tonga e nos Estados Unidos também. Só que a máquina deu pau dessa vez!

Primeiro não conseguiram impedir que ele fosse um dos candidatos, depois não conseguiram fazer ele perder a eleição.

A magnitude desse feito não pode ser expressa em palavras por um simples mortal, para tal só recorrendo ao mestre Raul Seixas, em As Aventuras de Raul Seixas na Cidade de Thor, "Tá "rebocado" meu "cumpadi"! Como os donos do mundo piraram! Eles já são carrascos e vítimas do próprio mecanismo que criaram!"
Isso me faz gargalhar! Hahahahahahaha
Eles não esperavam por essa. Usaram todo seu aparato, dinheiro e poder e ainda assim as ovelhas traíram os lobos em pele de pastor. Pensa bem, ilustríssimo leitor. Praticamente todas as estrelas de Hollywood detonaram o cara, a CIA detonou o cara, a mídia mundial massacrou o cara e, O CARA GANHOU!
Inacreditável.
Agora os donos do mundo querem saber quem foram os culpados e querem colocar em movimento o plano B, que pode ser um impeachment, um assassinato, ou podem coopta-lo, sei lá.

A caça aos culpados está em franco movimento, basta ver como os artistas uns atropelam os outros tentando ser mais anti-Trump, como os jornalistas mostram seus semblantes desesperados esquecendo o verniz de imparcialidade que deveriam exibir, chegando às lágrimas! Anátemas malditos!
Todo mundo morrendo de medo de perder a boquinha rica ou cair em desfavor dos seus mestres.
Para se ter uma ideia do desespero dessa gente, basta assistir aos lacaios da Globo naquela intragável Globonews indo às raias da loucura por causa de uma eleição em outro país. Perderam totalmente a pouca noção do ridículo que um dia tiveram. Aquele Guga Chacrinha é um insignificante, aquele Jorge Burro Pontual é um biltre e aquela cidadã que fica lá com eles é uma excrescência.

E o resto todo da imprensa, com extremamente raras exceções, é daí pra baixo.
Não me entendam mal, não acredito por um segundo que o Trump mudará nada. Ele não tem uma bagagem filosófica libertária que é o que o mundo precisa, nem mesmo é conservador de verdade, gastara os tubos, aumentara o tamanho do Estado e não me surpreenderia se começasse outra guerra.  No final das contas ele será apenas um inconveniente com o qual essa gente teve que lidar, e vai ler pela cartilha deles, conscientemente ou não, ou será removido do cargo, ou sabotado de todas as maneiras. Eu particularmente o acho um boçal, mas se não me restituiu a confiança no mundo, pelo menos me restituiu a confiança no ser humano, que ainda consegue se rebelar, consegue se levantar e dizer "chega!" Mesmo que seja batalha perdida, porque como bem nos lembra Nassim Nicholas Taleb "Heróis são heróis porque tem o comportamento heroico, não porque ganharam ou perderam". Nós nascemos para nos comportar como heróis, embora a maioria prefira viver na pusilanimidade. Mas isso não me turva a clareza de ver que os americanos estão tão ferrados quanto o resto de nós. Fala sério, uma eleição entre Trump e aquela megera? A que ponto chegamos.

De qualquer maneira desejo sorte ao senhor Trump que conquistou tudo o que um homem pode almejar na vida e mais. Espero que ele consiga conquistar a si próprio e também exiba um pouco do heroísmo de que o mundo tanto carece.

Forte abraço,

Ali Baba



Gostou do texto? Cadastre-se no site e começe a seguir o usuário Ali Baba. Sempre que ele postar um novo artigo, você será notificado.

Para ler outros textos do usuário Ali Baba, clique aqui.



Comentários


Ainda não existem comentários para este artigo.